segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

SAMF : E a atração são os novos motores TurboKing


Motores são a principal parte de um carro, e a Break se encontrava carente disso, utilizando-se dos motores da Lc motors, mais para ser mais independente a Break lança durante o SAMF todos os motores da família TurboKing, vale lembrar que no atual momento serão feitos em Piracicaba na fábrica de motores e componentes da marca, mais a Break deve adquirir um terreno em Porto Real-RJ ou até mesmo em São Paulo em Sorocaba ou Piracicaba, as cidades que estão nas disputas para a construção da fábrica dos motores, mais voltando a família de motores TurboKing, chega com variedade, são eles :

1.0 com doze válvulas, turbo, injeção direta, controle de admissão e exaustão, e controle de abertura de válvulas, a potência é dividida em duas opções do motor o mais branco com 120cv com gasolina e 128cv com alcool. A segunda mais brava tem 135-137cv

1.6 16v , com injeção direta, controle de admissão, e exaustão, além de controle de válvulas, com sistema EasyFlex sem tanquinho de partida a frio, e assim como todos os motores da familia TurboKing o bloco é de alumínio a potência do motor 1.6 é de 139-140cv, o motor é o mesmo 1.6 usado pela Lc motors com novo acerto e deve ser provisório.

1.616v, porém com turbo de injeção direta também terá duas opções de potência, a mais branda com 145-147cv e 178-180cv.

2.020v, com turbo, injeção direta, controle de admissão e exaustão, além de controle de abertura de válvulas, o motor tem potências de 205-210cv, 245-248cv e 275-280cv

Os motores maiores continuam sendo os mesmos usados pela Lc motors.

Nenhum comentário:

Postar um comentário